Devista-se do preconceito, permita-se à vida!



Nos últimos dias surgiu o polêmico “Baleia Azul” um jogo que tem por objetivo o suicídio. O que está acontecendo é que muitos não estão dando a devida atenção para o problema enquanto deveriam procurar entender o porquê de muitas pessoas, em sua maioria jovens, submeterem-se a algo do tipo. No post de hoje trago dois pontos extremamente importantes para que o diálogo possa acontecer: depressão e suicídio.

Depressão


Depressão é um sentimento de tristeza profunda que perdura semanas, meses e até anos e torna o indivíduo incapaz de realizar suas rotineiras tarefas. O depressivo apresenta um humor constantemente negativo, ideias sempre pessimistas e insatisfação quanto às atividades que antes amava realizar. Costuma valorizar as mensagens negativas que recebe e pouco se importar com os incentivos que lhe oferecem. Passa a se isolar, a se comportar apaticamente quanto aos outros, a se de desesperanças e, em casos mais graves, procurar o suicídio. O maior vilão do depressivo é o pensamento de que ele pode “sair dessa”, realmente pode, mas não sozinho.

Suicídio


O suicídio é o ato de tirar a própria vida. É um dos problemas de saúde mais graves do mundo, matando ao menos oitocentas mil pessoas por ano. Tem, dentre as causas, abusos sofridos por um período ou alguma discriminação; geralmente as pessoas com pensamentos suicidas apresentam suas ideias, mas por não serem lavadas a sério se contaminam com a própria mente.
Infelizmente o preconceito é bastante grande e muitos acreditam que evitar falar sobre o assunto é o que o previne, mas não, a falta de informação e diálogo é muito crucial no sucesso do problema e no fracasso da resolução.

Reflexão

“Quer chamar a atenção”.
“É um exagero”.
“Quanto drama”.

Pessoas que estão passando por algum transtorno psicológico são, em muitas das vezes, menosprezadas, tidas por menos, feitas de exibicionistas ou míseras carentes. São afogadas no mar de amargura por ouvirem frases como as acima daqueles que deveriam apoiá-las e salvá-las.

Alguém que esteja desfrutando de uma tranquilidade mental e vivendo uma felicidade tamanha vai mesmo participar de um jogo sabendo que o único desfecho é a morte apenas para se exibir? Vai mesmo destruir a própria vida por nada? É claro que a resposta é não e todos sabem disso.
Alguém que participe de um jogo feito “Baleia Azul” não está bem, alguém que se automutila ou desenha em seu corpo usando objetos perfuradores não está querendo chamar a atenção, está clamando por socorro, por ajuda.  É hora de quebrar esse pensamento egoísta de que depressão ou problemas do tipo são coisas da cabeça da vítima porque não são, é o resultado de estresses, de tristezas, de desabafos impossíveis que conforme o tempo passa fica mais difícil de suportar.

Quanto àqueles que estão passando por algo tão sufocante e que chegam a cogitar o suicídio por tantas vezes não se achem incapazes, insuficientes, porque não os são. O que lhes falta é passar por cima da vergonha, colocar a “boca no trombone” e suplicar ajuda.  Vocês se envergonham por irem ao médico quando o estômago aperta ou o nariz se fecha? Porque se envergonhar de buscar alívio para a própria mente? Porque se envergonhar de mostrar ao mundo sua vontade de vencer? Muitas das vezes desabafar com algum familiar ou amigo não é suficiente já que as pessoas tendem a narrar suas experiências na intenção de nos ajudar, mas dão a impressão de que não nos ouviram. Um especialista os ouvirá com atenção e os ajudará a se encontrarem dentro de si mesmos.

Devista-se do preconceito, permita-se à vida.




Ligue para o Centro de Valorização da Vida (CVV) caso queira mais informações ou esteja disposto a pedir ajuda – 141.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                           

Comentários

  1. Depressão é o câncer da alma, só quem passa pra saber, quem julga dizendo que é frescura só faz tudo piorar. Gostei do seu post, as pessoas ainda precisam refletir mais sobre isso.

    bomhumornaosaidemoda.blogspot.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Siga o blog pelo Instagram:

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

[Conto] Eternizados Pelo Amor