Comemoração!!!



Era 20 de maio de 2013, eu tinha 14 anos, perto de completar os meus quinze, e decidi criar um blog, queria divulgar os vídeos que eu produzia no Windows Movie Maker além de ideias, pensamentos. Mas não tinha maturidade, não sabia trabalhar direito, não levava as coisas tão a sério, achei que tudo fosse fácil, frustrei-me grandemente, é claro que os resultados do meu precipitado trabalho não poderiam ser da forma que eu imaginava.
Foi no final de 2016 que voltei depois de algumas tentativas falhas de volta, parte disso se deveu ao fato de eu precisar dar uma volta na minha vida, começar a expor os meus pensamentos para o mundo, aquilo que corroía aqui dentro, aquilo que me angustiava. No começo as coisas estavam indo um tanto devagar, mas não desisti, peguei firme no meu projeto, no meu anseio, comecei a escrever incansavelmente, publicar com certa regularidade, lancei as sessões de opinião, especiais em datas importantes, reflexões sobre os acontecimentos da vida e as estrondosas webcontos e webséries, pelas quais tenho recebido elogios diversos e sugestões inúmeras pelas redes sociais.
Conseguimos bater recordes de visualizações aqui no blog, números que só sobem.
Digo conseguimos porque nada do que conquistei, ainda que pequeno, mas muito gratificante em minha vida, foi conquistado por mérito meu. Em primeiro lugar Deus tem me ajudado, agradeço a Ele por ter me dado o dom de escrever, e em segundo lugar agradeço a cada um de vocês que está me seguindo nessa batalha, nesse desafio que adotei em minha vida. Digo desafio porque eu simplesmente poderia vir aqui e escrever qualquer baboseira e divulgar com textos chamativos pelos tantos meios de comunicação, mas optei por desenvolver textos que pudessem de alguma forma mudar a vida de quem me acompanha, entreter aqueles que gostam do meu trabalho, fazer as pessoas refletirem sobre os acontecimentos. Optei por trabalhar de verdade, mergulhar no meu sonho, fazer a diferença.
Enfim, são 4 anos de Coisas da Vida que estamos completando hoje desde o primeiro post, estou comemorando por não ter desistido dele, por ter tido forças de voltar, mesmo sabendo que o caminho a percorrer é ainda muito longo. Com isso, quero lhe dizer que não desista do que acredita, do que anseia, do que muito anseia; tente quantas vezes forem possíveis e impossíveis, mas lute por aquilo que lhe faz feliz.

Encontrei na escrita um refúgio para esse mundo bruto e desequilibrado e é nesse aconchegante refúgio que pretendo permanecer!

Muito obrigado pela sua companhia de sempre, siga o blog, encontre-me nas redes sociais e mande as suas sugestões para fazermos desse blog o nosso refúgio.

Um forte abraço,

E obrigado mais uma vez!

Comentários

  1. Parabéns! Que ainda venham muitos Posts!!!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

Que a gente saiba florir, onde a vida nos plantar!