[WebSérie] Sombras do Passado - Capítulo 04



Mudanças


“Uma mesma mudança para alguns pode ser benéfica, enquanto que para outros pode ser o fim, isso o que define é a maneira como cada um irá se comportar”.

[19 de setembro de 2016]
<<Brasil>>
Com o passar dos anos Verônica conseguiu aumentar ainda mais o prestígio nacional da Morgan Modas, com seus produtos que atendiam a todos os públicos. A empresa vinha imperando tranquilamente no país, sua proprietária não precisava se preocupar com as concorrentes que nunca tinham forças para derrubá-la ou, ao menos, lutar de igual para igual.
Sem Jéssica, Verônica precisou criar uma disputa entre suas modelos a fim de definir a nova top model, a que teria seu rosto estampado nas diversas revistas de moda e que seria responsável por atrair os melhores patrocinadores além de cair no gosto do público. Foi em Letícia que a estilista encontrou a então modelo, uma garota pela qual ela criou uma grande simpatia.
— Veja só esse desenho, será especial para você! — a mulher disse entusiasmada.
— Nem sei como agradecer — a modelo se sentia lisonjeada por ser tão querida pela famosa estilista.
— Claro que sabe, casando-se logo com o meu filho — Verônica tinha uma certa possessão sobre o filho, dificilmente aceitaria algum dos seus namoricos, mas se fosse com Letícia a história era outra, ela controlava a garota, sendo assim controlaria o filho por muito tempo ainda, mesmo que de forma indireta.
— Não sou eu quem deve dar o primeiro passo, não acha? O certo seria ele me fazer a proposta.
— Será que depois de tanto tempo ainda não aprendeu a conhecer o namorado? Sabe que ele é devagar e foge de um casamento... Eu quero que você seja a minha nora, somente você, mas as coisas precisam andar.
— Eu não faço idéia de como mostrar que quero me casar, preciso da sua ajuda.
— Como de praxe... — a mulher revirou os olhos —. Sempre dependente de mim... Vou mexer no que posso, fique tranquila.
Naquele mesmo momento Jonas, o filho da estilista, entrou no escritório da mãe, com um semblante não muito bom.
— Meu querido, estávamos mesmo falando de você — Verônica o recebeu com um aberto sorriso.
— Sim, meu amor — Letícia beijou o namorado no rosto percebendo certa frieza.
— Temos um assunto sério a tratar — o jovem acionista declarou.
— Claro que sim — a senhora Morgan aproveitou a ocasião —, quando será o casamento?
Jonas era o tipo de pessoa que valorizava como ninguém sua privacidade, seu direito de ir e vir sem dar satisfações a ninguém. No auge dos seus vinte e sete anos a única coisa que ele queria era se divertir, para ele casamento e diversão não eram sinônimos. Seu namoro com Letícia não passava de um pretexto para que sua mãe não o perturbasse tanto; ele achava a garota atraente, mas não havia sentimentos.
— Que casamento? — o loiro perguntou espantado.
— Vocês já namoram há dois anos, não acha que está na hora de firmarem um compromisso?
— Letícia, para você não está bom do jeito que está? — ele nunca ouvira sequer uma reclamação da namorada a respeito, imaginou que aquilo fosse coisa da mãe.
— Na verdade não — a morena respondeu —. Sempre sonhei com isso, queria muito que me entendesse.
O jeito meigo que a modelo usou fez o coração do rapaz balançar, talvez estivesse mesmo na hora de dar um rumo na vida, mas só talvez...
— Bom, esse assunto pode ficar para outra hora, o que temos que discutir com urgência é mais importante.
— E do que se trata? Mais um concorrente? — a estilista debochou em sua pergunta.
— Não se trata de mais, se trata do concorrente — pelo seu semblante sério era mesmo uma ameaça aos negócios Morgan —. Mãe, disputaremos o mercado com a potente Button Modas.
Nunca nenhuma marca rival havia assustado Verônica Morgan, mas aquela foi a pior notícia que ela poderia receber.

<<Estados Unidos>>
Renata desde que começara sua vida no novo país aperfeiçoou ainda mais o seu talento, seus desenhos já não tinham traços infantis, refletiam o obra de uma grande profissional.
Durante todos aqueles anos em que esteve em terras norte-americanas a garota se transformou em mulher e tinha um único objetivo em sua vida: vingança. Ela havia sido adotada por Alfred e Mary, que também eram estilistas e, como não tinham forças o suficiente para combaterem a Morgan Modas, resolveram começar os seus negócios no país mais rico do mundo, a empresa do casal ditava a moda do mundo todo, exceto no Brasil, já que sempre existiu o receio de não dar certo.
O casal estilista já estava bastante debilitado, a idade já o castigava, por isso Renata tomou a frente da Button Modas, ela era a dona de uma das maiores redes de moda do mundo, uma realização do seu sonho de criança. Toda a sua dedicação tinha como motivo a queda de sua tia, seu plano era conquistar os brasileiros de tal forma que Verônica seria obrigada a desistir do que havia conquistado à custa da dor de terceiros.
Planejando sua entrada triunfal no país em que nascera, a estilista selecionou em silêncio grandes profissionais e os levou aos Estados Unidos para treiná-los, naquele dia ela mostrou o seu contentamento pelo trabalho:
— Finalmente estamos todos aptos a entrarmos na guerra. Sei que não será fácil, mas o nosso trabalho superará qualquer dificuldade. Nesses últimos meses os treinei da melhor forma e posso dizer que estou orgulhosa da evolução de cada um!
Seu discurso foi aplaudido por aqueles que junto a ela trabalhariam por uma competição forte, todos estavam otimistas.
— Vocês voltarão ao Brasil, terão alguns dias de descanso, mas logo darei o recado e a nossa empresa será inaugurada. Fiquem a postos! — seu jeito humorado imitando a capitães do exército tornava as reuniões menos formais e mais proveitosas.

Jéssica havia lutado contra o desafio que a vida lhe impôs e estava curada, mostrou para aqueles que o rodeavam o quão forte era. Sempre antenada ao que acontecia no mundo da moda descobriu cedo que uma nova empresa chegaria ao Brasil, era aquela a sua chance de voltar às passarelas.
Sem medir esforços a modelo embarcou aos Estados Unidos a procura de sua mais nova estilista preferida: Renata Button. Confiante ela encontrou o que queria, estava a um passo de voltar ao sucesso
— Queria falar comigo? — Renata entrou em seu escritório onde Jéssica já a aguardava mordendo as unhas —. Aqui estou.
— Pode parecer loucura, mas eu preciso muito que a senhora me dê uma chance!
Sentando-se em sua cadeira e a girando para o enorme aquário que tinham embutido na parede a estilista manteve sua seriedade:
— Por favor, senhora não. Chance para quê?
— Acho que já ouviu falar sobre mim, sou Jéssica Buarque, fui a top model da Morgan Modas no Brasil, mas por um descuido da vida acabei perdendo o meu espaço. Vim até aqui apenas para lhe pedir que me dê uma oportunidade de ser a sua modelo.
— Acha justo com tantas outras modelos que a essa altura já sabem da novidade? Não acha mais certo participar de um concurso e provar que merece ser a melhor? — Renata ainda estava de costas para a jovem.
— Claro que não acho justo, mas perdi tanta coisa por causa da minha doença, descobri que estavam comigo pelo que o meu exterior oferecia e não o meu interior. Eu preciso da sua ajuda para provar que venci.
— Sabe, Jéssica? Temos algo em comum — a mulher se virou para a modelo —, nós duas somos cercadas por sombras do passado e é por causa delas que tanto lutamos, queremos dissipá-las. Eu conheço você, sei da sua história e tenho noção do seu potencial. Estava de olho em você há muito tempo, iria correr atrás,  mas parece que o universo conspirou ao nosso favor, acho que faremos um ótimo trabalho juntas.
— Quer dizer que... — os olhos de Jéssica lacrimejaram.
Levantando-se de sua cadeira a estilista de um forte abraço em sua mais nova modelo e completou:
— Está contratada!

*

Os pais adotivos de Renata estavam, por recomendação médica, em uma casa de repouso, ambos aguardavam o fim, a cada dia que acordavam era um agradecimento que demonstravam. Naquele dia especial a talentosa mulher foi visitá-los, encontrando o seu pai dormindo contou a novidade à mãe:
— Nossa empresa entrará no Brasil em poucos dias, farei com que sejamos ainda mais reconhecidos.
— Está certa disso, minha querida? — com sua fraca voz Mary indagou.
— Claro que sim, afinal de contas esse era o maior sonho do papai e seu.
— Não é por vingança? — ela sabia dos verdadeiros motivos da filha.
Respirando fundo e com os olhos encharcados a estilista respondeu:

— Isso será uma consequência.

~~~~~~~~~~~~~~
No próximo capítulo:

A fim de descansar Verônica entrou em sua banheira enquanto checava as notificações do celular até encontrar uma notícia que revelava quem seria a top model da concorrência. O que a estilista descobriu não lhe agradou muito.
— Jéssica Buarque... traidora! — seus olhos demonstravam a sua raiva.

De segunda à sexta, às 19h30!

Comentários

  1. Renata e Jéssica juntas, sinto que essa dupla será forte e imbatível!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Siga o blog pelo Instagram:

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

[Conto] Eternizados Pelo Amor