[Especial] Dia dos Namorados



Olá, como vai? Embora o Dia dos Namorados seja amanhã hoje teremos esse post especial em comemoração ao dia, então seja bem-vindo!


Antes de qualquer coisa vamos entender a origem sobre essa data tão querida e especial

A Origem do Dia de São Valentim
Foi durante o Império Romano que o imperador Claudius II proibiu o bispo da Igreja Católica, São Valentim, a realizar casamentos. Porém o religioso não obedeceu ao mandato dando continuidade às celebrações de matrimônio, no entanto às escondidas. Tal atitude resultou em sua prisão e posteriormente à sua morte em 14 de fevereiro de 270. Durante o tempo no qual esteve preso o bispo recebeu diversos bilhetes e cartas de jovens apaixonados, valorizando o amor, a paixão e o casamento. Em homenagem a São Valentim a data de sua morte foi destinada aos casais de namorados a ao amor.
O Dia dos Namorados no Brasil
Fernando de Bulhões, o frei português conhecido como Santo Antônio, foi o responsável por essa data no Brasil. Em suas tantas pregações religiosas ele destacava a importância do amor e do casamento, por causa de suas mensagens é também conhecido por “Santo Casamenteiro”. Em função do dia de Santo Antônio ser comemorado em 13 de junho, o dia 12 foi escolhido para a comemoração do dia dos namorados no Brasil.

A Forma Americana de se Comemorar
Nos Estados Unidos o dia dos namorados é conhecido por Valentine’s Day e é comemorado em 14 de fevereiro. Por lá a troca tradicional de presentes e abraços em comemoração à data acontece não apenas entre namorados ou casados, mas abrange a todos que se amam, sejam amigos, irmãos ou pais e filhos, o importante é presentear aquele que se ama!

Momento da Reflexão
Assim como em todas as datas comemorativas como o Dia das Mães ou o Natal, por exemplo, o Dia dos Namorados também é um dia no qual a troca de presentes se faz necessária, é já uma tradição, um modo de viver, no entanto esse dia requer mais do que simples presentes.
Viver o amor. Parece tão simples, não? Parece tão fácil sentir esse tão nobre sentimento, mas na verdade é um privilégio. Não é fácil amar, ainda mais com tantas diferenças que existem entre as pessoas, com os variados modos de pensar. Quem aprende a amar aprende também a suportar.
Sendo assim, a mensagem que o blog quer passar nesse dia tão especial é que não devemos buscar incansavelmente sermos amados, mas que pratiquemos o verbo em amar em seu significado mais completo, amar incondicionalmente. Que valorizemos aqueles que dizem nos amar, aqueles que dizem não viver sem nós; porque amar não é fácil, é suportar as divergências.
Digamos para aqueles que nos ama o que importante são, o que representa sermos amados por eles; porque amar não é fácil, é suportar as divergências.
Escrevamos uma carta ou ao menos um bilhete, declaremos ali nossa paixão, revelemos ali o nosso amor; porque amar não é fácil, é suportar as divergências.
Cantemos uma música, ainda que desafinado, tiremos a melodia do coração; porque amar não é fácil, é suportar as divergências.
Devemos abraçar de forma longa e apertada, beijar de maneira suave a apaixonada, acariciar tranquilos e desejáveis; porque amar não é fácil, é suportar as divergências.

Além de presentear declare o seu amor com toda a sinceridade e o prove através das atitudes, esse já é o melhor presente. Não tenha vergonha de gritar ao mundo que ama, não se acanhe em esbanjar o seu amor, porque amar não é fácil, é mais do que dar presentes, é suportar as divergências.

Um feliz dia dos namorados!


Comentários

Siga o blog pelo Instagram:

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

[Conto] Eternizados Pelo Amor