Amor entre amigos



Quando se fala em amor logo surge na mente a imagem de um casal de namorados felizes amando-se perante uma bela paisagem da natureza; logo se imagina a família que eles virão a construir e nos anos que a eles sobrevirão. Em muitas das vezes é assim que definimos a palavra amor, mas hoje quero que você reflita um pouco sobre um tipo diferente do amor, outra forma de amar, outra visão sobre um sentimento tão complexo.
Vamos falar do amor entre amigos.

Esse amor não é tão complicado quanto o romântico, mas é tão importante quanto e também pode causar decepções, feridas incômodas, pensamentos negativos sobre as novas oportunidades que o futuro nos reserva.  O amor da amizade é uma riqueza sem a qual não conseguimos viver, um tesouro inigualável, algo que vem se tornando cada vez mais raro.

Infelizmente as pessoas vêm banalizado a amizade, tratam-na como sendo algo corriqueiro, sem preço, sem atributos a nos garantir e vão ferindo corações sem nem perceberem. Afastam-se, preocupam-se apenas consigo mesmas e não encontram tempo para cuidar da joia tão preciosa, deixam-na de lado e quando menos esperam perdem-na, uma perda irreparável.


Amar um amigo não se resume em dizer “você é meu amigo”, vai além disso, envolve cuidado, zelo, carinho, envolve atitudes que provem esse sentimento. É tão maravilhoso ver dois amigos que se importam um com o outro ao ponto de parecem irmãos! É tão inspirador encontrar pessoas que ainda sabem o que é amar um amigo! Sinto grande pesar em saber que essa nobreza aos poucos desaparece...

Um forte abraço,
Não perca dia 31 a estreia de Romântico Anônimo,
E até mais!

Comentários

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

Aflições na Alma

A Brevidade da Vida