Orgulho de ser brasileiro



Sim, sou brasileiro e com muito orgulho o declaro a quem quer que seja. Sinto-me privilegiado por ter nascido nesse país que não possui uma comida típica, uma dança característica, uma cultura padronizada, coisa alguma típica que determina o “povo brasileiro”. Sou feliz por viver em um país que nem mesmo a língua é padronizada: o paulista fala diferente do baiano que falta diferente do gaúcho e que por aí vai. Sou feliz por viver em uma nação que tem por única característica a diversidade, sua exclusiva identidade.

Alemães, japoneses, angolanos.
Cada país tem o seu “genótipo”, cada país tem a sua “comum cultura”, cada país tem o seu povo descrito a partir dos traços – físicos ou culturais –exibidos. Mas agora eu pergunto, como descrever o “modelo brasileiro”? Como identificá-lo perante a multidão do mundo? A única resposta que poderiam dar: é impossível.

Somos uma miscigenação entre povos originários, colonizadores (no nosso caso os portugueses), africanos e imigrantes (em sua maioria europeus). Cada indivíduo, a partir de sua descendência, com suas próprias características. Cada região, a partir do contexto em que foi construída, com sua própria cultura. Somos o país da diversidade.

É exatamente essa diversidade que faz do Brasil a mais bonita nação, aqui tem espaço para todos os povos, tem abraço para todas as línguas; somos um povo acolhedor, gentil e criativo, que apesar de todas as dificuldades sobrevivemos com o sorriso no rosto. Somos o país que guarda um pouco de todo o resto o mundo.

Através dessa mensagem um tanto nacionalista quero propor o orgulho brasileiro, quero fazer com que vejamos o nosso país de outra maneira, com outros olhos. Veja a esperança em cada olhar e a alegria em cada semblante. Não podemos desacreditar no nosso lar, antes devemos ter confiança em que as coisas irão melhorar!


Viva o Brasil!


Comentários

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

Aflições na Alma

A Brevidade da Vida