[Pela História] Regimes Totalitários - Nazismo



Estamos de volta em 1918, fim da Primeira Guerra Mundial, que resultou em uma Europa devastada e problemas ainda maiores para a Alemanha, causados, em partes, pelo rigor do Tratado de Versalhes em 1919. A nação alemã perdeu direito à produção de armamentos bélicos, teve seu exército reduzido e suas colônias libertas, foi condenada a pagar uma grande indenização por ser julgada como motivadora do conflito; por esses motivos ficou endividada e mergulhou em uma miséria extrema.
O medo rondava a população, o sentimento de não saber como sobreviver perante condições tão precárias assombrava os alemães, critérios que fortaleciam os ideias da Liga Espartaquista, a esquerda do governo formada aos moldes do marxismo soviético; em resumo, os pensamentos de Karl Marx visavam uma sociedade justa e igualitária, desejo dos alemães que sofriam com a pobreza e incerteza de um futuro próspero.
Contudo, o Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães queria centralizar o poder de forma capitalista e, em 1923, tenta aplicar o golpe nazista, mas seus integrantes – dos quais Hitler fazia parte – acabam presos por oito meses. Foi nesse período que o líder nazista escreveu o primeiro volume do livro Mein Kampf, considerado a “Bíblia Nazista”.

Obs.: O Partido Nacional Socialista dos Trabalhadores Alemães (que mais tarde passaria a ser chamado de Partido Nazista), apesar do nome não era de caráter socialista; o termo social empregado abrangia o povo, os trabalhadores e aqueles com sentimentos nacionalistas.


®    Poder
Foi em 1933, com a aproximação do Partido Nazista com a  burguesia e o povo alemão a partir de ideias que prometiam levantar a Alemanha das cincas da Primeira Guerra, que Adolf Hitler é eleito chanceler, mas, com a morte do então presidente Hindenburg, Hitler se transforma no governante do país com 90% de aprovação em plebiscito realizado. Começa sua ditadura.

®    Autoritarismo e Repressão
O Nazismo, liderado por Adolf Hitler, militarizou a Alemanha a partir da alta produção de armamentos e tecnologias armamentistas, indo contra o Tratado de Versalhes de 1919. Seguindo os passos do Fascismo Italiano, por exemplo, Hitler passou a se divulgar como salvador da nação em propagandas e, principalmente, em escolas,onde as crianças eram instruídas sobre o nacionalismo e doutrinadas à servirem a nação.
Típico de Regimes Totalitários, o Nazismo instituiu o unipartidarismo, validando apenas o Partido Nazista, e terminou com sindicatos a fim de evitar possíveis revoluções. A repressão e censura contra ideais e movimentos que questionassem o governo foram bastante recorrentes.

®    Etnocentrismo


Povos e grupos sociais passaram a ser vistos como ameaça à “raça ariana” (descendentes dos árias, etnia que formou diversas populações europeias) e por isso foram perseguidos e mortos. Dentre eles podemos citar os ciganos, os deficientes físicos e os homossexuais, todos vistos como obstáculos à pureza racial, mas talvez o mais famoso massacre realizado foi o contra os judeus.
Além de serem vistos como manipuladores das finanças do mundo (preconceito econômico) e acusados de terem entregue Jesus Cristo aos romanos (preconceito religioso), os judeus ainda eram julgados como “raça deformada” e causadores do caos alemão, portanto deviam ser aniquilados.
Antes dos chamados Holocaustos, leis foram criadas para que isolassem o povo judeu, dentre elas a proibição do casamento entre judeus e cidadãos de sangue alemão e a proibição de judeus em terem criados de origem alemã em suas casas (Leis de Nuremberg), a justificativa era que os jovens alemães deveriam servir à nação e não aos tidos como impuros.
Em 1938 aconteceu a chamada Noite dos Cristais, que foi uma violência institucional que partiu do governo contra a população judaica das cidades alemãs. Estabelecimentos de judeus foram destruídos e saqueados, sinagogas foram atacadas ou incendiadas.
No final do mesmo ano o Plano Madagascar, que não teve êxito, visou a migração de judeus para a Ilha de Madagascar, em uma tentativa de isolá-los.
Em 1939 a Segunda Guerra Mundial começou e até o ano de 1942 a Alemanha (líder do grupo Eixo) saía vitoriosa dos combates, porém a partir de 42 as derrotas passaram a acontecer e, novamente, culparam os judeus por tal fato. A solução encontrada pelos nazistas foi chamada de Conferência de Wannsee, que ordenava a escravização dos judeus em campos de concentração e posterior extermínio. Ao menos 11 milhões de pessoas foram mortas, vítimas do etnocentrismo.

®    O Fim
Em constante crescimento a Alemanha passou a anexar territórios despertando o sentimento de ameaça nas potentes França, Inglaterra e URSS, já que perderam suas terras. A partir daí teve início a Segunda Guerra Mundial, o maior conflito que a humanidade enfrentou.

Com as tantas derrotas sofridas o nazismo insistia em apregoar que sairia vitorioso, mas Berlim já estava totalmente cercada pelos soviéticos, não havia saída. Hitler e sua esposa cometem suicídio a fim de não serem pegos pelas forças inimigas. Termina um regime cheio de crueldade.

Um abraço,
Bons estudos,
E até mais!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos

Que a gente saiba florir, onde a vida nos plantar!