[Conto] Eternizados Pelo Amor



Após anos de companheirismo, de compreensão, de parceria e de amor agora se preparavam para o final de todas as coisas. Estavam satisfeitos, amaram a quem puderam amar, viveram o que e com quem puderam viver, sentiram o mundo e toda sua beleza da melhor forma possível. Não se intimidavam perante o inevitável.
Estavam um do lado do outro na mesma cama do hospital, alimentados por soro, cuidados por medicamentos. Estavam um do lado outro como sempre estiveram desde que se conheceram; não importaram as brigas, os pensamentos divergentes, um sempre compreendia o outro, cedia um para o outro, nunca foram dormir sem um sincero, romântico e amável beijo de boa noite. Aquela foi a fórmula para tantos anos de um casamento que nunca se desgastou, que jamais ficou insípido; de um casamento regado a veracidade, lealdade e, por que não, amizade.
As mãos enrrugadas ainda se tocavam como se fossem a primeira vez. O frio que percorrera suas espinhas na primeira troca de olhar nunca deixou de acontecer. A ansiedade pela presença tão importante sempre fora notável. Aquele casal era um exemplo vivo do que é amar.
— Feliz? — a fraca voz do frágil senhor soou serena, tranquila, como sempre soara aos ouvidos da amada.
— Mais impossível — a senhora mal conseguia abrir os olhos, o peso da idade era massacrante, o tempo fora capaz de levar sua vigorosa juventude, contudo incapaz de alterar os seus sentimentos pelo homem da sua vida.
— Eu queria mais ao seu lado... Sinto que ainda não foi suficiente.
A mão trêmula da sábia mulher tocou o rosto envelhecido do seu esposo, passeou por ali, um sorriso brotou em seus lábios e com ele a declaração:
— Você foi a melhor coisa que me aconteceu, satisfez-me com o seu amor até bem mais do que imaginei — precisou pausar para retomar o fôlego que a cada minuto se distanciava de seus pulmões —. Você me completou e fez de mim a mais feliz desse mundo.
O velho homem sorriu agradecido; sentindo um peso descomunal sobre a mão levou-a ao suave rosto da senhora que o encarava, ao tocá-lo foi levado de volta ao passado, sentiu aquele mesmo sentimento adolescente, o sentimento que nunca murchou.
— Se ainda tivesse tempo faria melhor do que fui capaz, porque a única coisa que me importou nessa vida foi ver o seu sorriso — desde um simples sorvete até o planejamento de inesquecíveis viagens, todas as atitudes dele por ela eram cercadas por desejo, paixão... romance —. Você é a mulher mais bonita desse mundo e sem você ele não teria sentido algum.
Enfraquecidos pelos anos aproximaram os rostos, uniram os lábios e sentiram a mesma ardência que sentiram no primeiro beijo, a constante ardência que nunca os deixou.
As luzes se apagaram.
Juntos e ritmados os corações pulsaram pela última vez.

Foram eternizados pelo amor.

Comentários

  1. É muito bonito quando um amor dura pra sempre, mesmo tendo momentos conturbados o amor nunca se enfraquece. O amor verdadeiro jamais acaba, ele permanece pode passar os anos que for, quando o amor é a essência ele não acaba. Maravilhoso o texto e bastante emocionante essa história de amor eterno, abraços.

    ResponderExcluir
  2. ola tudo bem ? Lindo esse amor , realmente procuramos por ele ...
    aquele amor de cumplicidade e parceria que dure por uma vida toda . Otima reflexão . Bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Bom dia, como vai? Gostei bastante de ler o seu texto, você me pareceu tao sincero, ao escrever que parece mesmo que você esta super envolvido nesse texto, por isso quero te parabenizar. pois me deixou com uma ótima reflezao

    ResponderExcluir
  4. Boa Tarde ! Lindo texto, procuramos pelo o amor sincero e duradouro. O famoso felizes para sempre.

    ResponderExcluir
  5. Que lindo texto sobre o amor! Dava para sentir o clima entre os personagens, o amor entre eles. Espero que todos encontrem um amor assim! Gostei bastante! Abraços

    www.biashaina.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi tudo bem?
    Esse texto tocou muito a romântica aqui dentro de mim haha. Acredito muito em amor para vida toda e seu texto me fez ficar emocionada, parabéns!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. que amorzinho de conto!
    Amor pra vida toda existe mesmo, *-*
    Parabéns ♥

    ResponderExcluir
  8. Nossa.
    Texto lindo! Ultimamente não vemos mais amor assim, que se mantém forte em cada etapa da vida, ansiando por sempre mais ao lado da pessoa amada.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Olá!Este conto é simplesmente maravilhoso e emocionante,atualmente é difícil vermos casais se amarem de verdade eternizando um amor como este,mas ainda existe sim,meus pais são um exemplo de amor,pois meu pai aos 90 anos e minha mãe 80 vivem este amor,um cuida do outro e se completam,isso mostra que o amor verdadeiro existe sim.Parabéns foi uma bela postagem!bjss

    ResponderExcluir
  10. Que texto maravilhoso.
    Muito emocionante. O amor é lindo, e que seja eterno. Como é difícil ver casal assim. Fico olhando meus avós, e admirando. Passaram a vida toda juntos, e o carinho e amor um pelo outro continua até hoje. É muito emocionante.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oii
    Que conto lindo, amei, na realidade que vivemos existe muita traição, realmente é difícil encontrar um casal que deixa o amor passar por todas as barreiras e seguir em frente juntos, mas claro em alguns casos tem os que fazem isso, que coloca o amor sempre em primeiro.
    Texto maravilhoso!
    http://FebredeLivro

    ResponderExcluir
  12. Olá, tudo bem?

    Seu conto é simplesmente lindo. Quem o ler, percebe que o mesmo foi escrito com o coração e saiu do fundo da alma. Hoje em sua, é difícil termos uma cena dessas se externalizando, pois as pessoas aprenderam a tratar o amor como uma coisa banal. Sempre sonhei em viver um amor assim, que acabasse na velhice. E enquanto há sonho, existe esperança! Adorei!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Que texto lindo e reflexivo! Quem dera poder espalhar esse sentimento bom de companheirismo e cumplicidade pelo mundo afora😘

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Sinta-se livre para comentar!

Siga o blog pelo Instagram:

Postagens mais visitadas deste blog

"Amar é mudar a alma de casa"

A Brevidade da Vida

Aflições na Alma

Flores aos mortos